---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saúde
Secretaria de Saúde intensifica vacinação contra gripe e febre amarela

Publicado em 12/04/2019 às 16:18 - Atualizado em 12/04/2019 às 16:21

Vacinação acontece na Unidade de Saúde Madre Paulina, no Centro Baixar Imagem

UBS Madre Paulina, no Centro, vai estar aberta novamente neste sábado (13), das 8h às 12h

 

A Prefeitura Municipal de Nova Trento, por meio da Secretaria de Saúde e Desenvolvimento Comunitário, promove neste sábado (13), o “Dia D” da vacinação contra a febre amarela. Também será disponibilizada a vacinação contra a gripe para gestantes, puérperas e crianças. A Unidade Básica de Saúde (UBS) Madre Paulina (rua Nereu Ramos, nº 164) no Centro, estará aberta das 8h às 12h como forma de intensificar as campanhas no município.

“É muito importante que as pessoas venham se vacinar, que os pais tragam seus filhos. Nós estaremos com as portas abertas até o meio-dia para realizar a imunização nos grupos de risco”, afirma o secretário Maxiliano de Oliveira, informando que, no último sábado, foram vacinadas 350 pessoas, mas ainda há muitos munícipes para serem imunizados.

Podem receber a vacina da febre amarela todas as pessoas com idade entre 6 meses e 60 anos incompletos. Os pacientes com idade superior a 60 anos devem consultar o médico e apresentar laudo informando a necessidade de receber a dose.

Já a campanha de vacinação contra a gripe é destinada, neste primeiro momento, a crianças de 6 meses a 6 anos incompletos, gestantes e mulheres de 45 dias pós-parto (puérperas). A partir do dia 22 deste mês, as doses estarão disponíveis também para os demais grupos prioritários (confira no cronograma abaixo).

A vacinação contra a gripe e a febre amarela também está sendo realizada durante a semana na UBS Madre Paulina, das 12h às 18h, e na UBS Vereador Dorvalino Pereira, no bairro Claraíba, de terça a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Para ser imunizado é necessário apresentar Cartão do SUS e Caderneta de Vacinação.

 

Cronograma da vacinação contra a gripe

 

Até o dia 31 de maio

  • Crianças de 6 meses a 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias);
  • Gestantes (em qualquer tempo gestacional);
  • Puérperas (mulheres até 45 dias após o parto).

 

De 22 de abril a 31 de maio

  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • População indígena;
  • Trabalhadores da área da Saúde (serviços públicos e privados);
  • População carcerária e funcionários do sistema prisional;
  • Professores de escolas públicas e particulares;
  • Portadores de doenças crônicas e síndromes.